Novembro 24, 2021

Descubra como aparecer na Primeira Página do Google em 2022

Descubra como aparecer na primeira página do google em 2022 com a equipa da Local SEO Portugal. Para o conseguir de forma eficaz, tem que competir com cada outra empresa existente da sua indústria. Alguns têm anos de experiência sobre si. Alguns têm departamentos de marketing muito maiores que o seu. Alguns têm orçamentos de marketing bem maiores que o orçamento inteiro da sua empresa. Será que ainda o consegue fazer? Será que ainda consegue alcançar a primeira página? Sim. Exige trabalho, construir conteúdo ao longo do tempo, e conhecer as entradas e saídas das palavras-chave de otimização dos motores de busca para os resultados de pesquisa do Google.

A grande questão é, como se chega lá?

como aparecer na primeira página do google

O que precisa saber sobre as atualizações do google core

A primeira coisa a se perceber é que o Google atualiza e mexe com os seus algoritmos quase diariamente. Alguns destes são bem conhecidos (como o Panda, que foi concebido para punir sites com conteúdo de baixa qualidade enquanto favorece aqueles com conteúdo envolvente e de alta qualidade) mas a maior parte deles são lançados com pouca a nenhuma divulgação.

Uma atualização core é uma em que este gigante de busca faz “mudanças significativas gerais aos algoritmos e sistemas de consultas às pesquisas” para “assegurar que, no geral, estamos a realizar a nossa missão para fornecer conteúdo relevante e autoritário aos pesquisadores.”

Estas grandes alterações resultam em efeitos notáveis (por exemplo, quedas ou ganhos nos resultados das páginas dos motores de busca). Se o seu site enfrentar uma queda, não entre em pânico! Uma mudança core poderá afetar a sua classificação no google, mas o Google aconselha que “Queremos certificarmo-nos que os websites não tentem consertar o que está errado. Além disso, poderá não haver nada para se consertar.”

O Google utiliza a mesma analogia de uma lista dos 100 melhores filmes em 2015. Se se atualizasse a lista em 2019, naturalmente novos e fantásticos filmes seriam adicionados. Talvez mereçam um lugar mais alto na lista. Esta lista muda “e filmes que estavam antes mais altos na lista, mas que desceram, não são maus. Há simplesmente mais filmes merecedores a ficar por cima deles.” Portanto, noutras palavras, talvez existam novas páginas da web que mereçam uma melhor classificação nos resultados dos motores de busca.

A mensagem aqui é que se deve manter a calma. Se ainda não violou as regras da webmaster, então não há nada com que se preocupar. Ainda assim… quer um lugar na primeira página do Google! Como o fazer em 2022?

Pense em todas as maneiras possíveis de como aparecer na primeira página do google

Não há uma só única maneira de chegar à primeira página do Google:

Pode-se chegar através de negócios e listagens de mapas. Está é das primeiras paragens e é muito clara. Pode-se lá chegar através de criação de conteúdo. Isto inclui as tuas páginas web bem como as publicações e os artigos do blogue que posta, e outros conteúdos como os vídeos que acolhe. O conteúdo do seu website pode ser incluído na secção “Pessoas também perguntam” que dão as respostas às perguntas mais comuns de certos tópicos. Também pode pagar por anúncios que orientem as pessoas até às suas páginas.

Listagens de empresas

O Google My Business é uma ferramenta grátis para proprietários de empresas locais. Já a usou antes quando procurou por negócios de determinado tipo perto de si. O Google Maps fornece-lhe um mapa das empresas mais próximas que encaixam nas consultas de pesquisa bem como nas suas respetivas listagens.

  1. Crie um perfil no Google My Business para que a sua empresa apareça nas pesquisas locais. Mantenha o seu nome consistente em todas as buscas. Isto significa que todos os caracteres que introduziu têm de ser os mesmos. Ele não irá gostar se abreviar uma vez, mas escrever o nome por inteiro noutro campo.

2. Certifique-se de completar todo o perfil o mais minuciosamente possível. Uma listagem completa ganhará cliques muito mais vezes do que uma incompleta. Mantenha a sua informação o mais atualizada possível.

3. Preste serviço. Se listar um número como o número de telefone da sua empresa, atenda as chamadas. Tenha voice-mail. Telefone de volta. Empresas que têm avaliações positivas no Google serão impulsionadas para a primeira página dos resultados.

4. Ponha fotografias em destaque. O Google favorece listagens que destacam fotos da empresa. Clientes reagem bem a isto – podem confiar em como será o seu negócio e imaginar como será estar lá.

4.1. Criação de conteúdo depende da relevância do SEO. Isto significa aperfeiçoar a pesquisa de palavras-chave que quer que apareça nos seus blogues, artigos, vídeos, e em qualquer outro conteúdo. Estas palavras-chave irão corresponder às buscas que as pessoas fazem no Google. Se estiver semelhantemente próximo à pesquisa do Google, o Google irá apresentar o seu conteúdo de forma mais elevada como resultado.

4.2. Assim que determinar as palavras-chave, comece a implementá-las. O Google examina conteúdo para as palavras-chave, por isso coloque as palavras e frases importantes no seu título, meta-descrição, URL, e atributos alt. O que são estes?

  • O título é o título do seu conteúdo.
  • A meta-descrição é o que o Google usa para descrever o conteúdo nos resultados da pesquisa.
  • O URL é a própria ligação.
  • Atributos alt são descrições textuais de imagens. Esta é a única maneira do Google ver uma imagem, na perspetiva de um SEO.

4.3. Utilize as palavras-chave nos subtítulos, primeiro parágrafo, e dentro do próprio texto.

4.4. Pode utilizar palavras-chave em demasia. Se utilizar demasiado uma palavra-chave, o Google pode descartar a página como spam e não a destacar de todo. Isto é especialmente verdadeiro para indústrias de “alto risco”, como a financeira. Existe uma gama de ferramentas de otimização de motores de pesquisa disponíveis para ajudar a avaliar a compatibilidade do seu conteúdo com SEO. É uma boa ideia investir em um.

4.5. Escreva um conteúdo real. Se o seu conteúdo for só uma desculpa para usar as palavras-chave, não irá resultar. É necessário ser muito bem pensado. O seu conteúdo precisa de uma razão de ser para que as pessoas tenham um motivo para o ler. Não escreva conteúdo para vendas. Escreva sobre o porquê de certas escolhas de produtos, o porquê do seu negócio funcionar de certa maneira, o que pensa de certas tendências na sua indústria. Converse com as pessoas com o seu conteúdo e elas irão valorizá-lo.

4.6. Foque-se na localização. Palavras-chave com incluem a localização têm uma vantagem evidente quando as pessoas procuram por empresas, porque essas empresas que aparecem em primeiro lugar são as primeiras nas localizações procuradas.

4.7. Faça Perguntas: o Google tem uma lista de perguntas sobre o seu conteúdo caso haja uma queda na atualização do core ou se quiser melhorar a sua classificação. Avalie aspetos relativamente à qualidade na experiência, apresentação e produção do seu conteúdo – e não se esqueça de comparar o seu conteúdo com páginas web semelhantes que aparecem na primeira página do Google.

4.8. Coloque-o também na lista de diretórios como o Yelp. Os diretórios do Yelp e do Google informam-se mutuamente – o tráfego no Yelp encoraja o tráfego no Google.

Criação de conteúdo

A criação de conteúdo é um investimento. Muito provavelmente não verá um pico maciço de visitantes após de postar a sua primeira publicação no blogue. Se for consistente, verá uma subida valiosa de visitantes no espaço de poucos meses. Ao contrário da publicidade paga, o conteúdo continuará a aparecer na página do Google meses mais tarde. Publicidade paga só o fará durante o período que pagou.

O objectivo do Google é fornecer aos utilizadores a página dos resultados de pesquisa de tráfego mais relevante, útil e orgânico. Para este fim, eles recompensam qualidade. Aqui estão algumas dicas para melhorar o desempenho do seu conteúdo orgânico nos SERPs:

1.

  • Será que o conteúdo fornece informação, relatórios, pesquisas ou análises originais?
  • Será que o conteúdo fornece uma descrição do tópico substancial, completa e compreensiva?
  • Será que o conteúdo fornece uma análise perspicaz ou informação interessante que vai para além do óbvio?
  • Se o conteúdo recorre a outras fontes, será que evita copiar ou reescrever essas fontes e, em vez disso, fornece um valor adicional substancial e originalidade?
  • Será que o cabeçalho e/ou o título da página fornecem um resumo descritivo e útil do conteúdo?
  • Será que o cabeçalho e/ou o título da página evitam ser exagerados ou chocantes em natureza?
  • Será este o tipo de página que quereria colocar nos seus favoritos, partilhar com um amigo, ou que recomendaria?
  • Esperaria ver este conteúdo inserido ou referenciado numa revista, enciclopédia ou livro impresso?
  • Será que o conteúdo apresenta informação que inspira confiança, como fontes claras, provas da experiência envolvida, a história do autor ou do site que o publica, através de links para uma página de autor ou a Página Sobre?
  • Se pesquisar sobre o site que produz o conteúdo, será que a informação o deixará com uma impressão de confiança ou de reconhecimento de supremacia neste tópico?
  • Será este conteúdo escrito por um especialista ou entusiasta que conhece bem do assunto?
  • Será que o conteúdo está livre de erros factuais facilmente verificados?
  • Sentir-se-ia confortável em confiar este conteúdo a questões relacionadas com o seu dinheiro ou a sua vida?
  • Será que o conteúdo está livre de problemas ortográficos ou estilísticos?
  • O conteúdo é bem produzido, ou será que se apresenta como descuidado ou precipitado?
  • Será o conteúdo produzido em massa por, ou subcontratado a, um grande número de criadores ou espalhados a uma ampla rede de sites, de forma a que páginas ou sites individuais não tenham muito cuidado ou atenção?
  • Será que o conteúdo tem um número elevado de anúncios que distrai ou interfere com o conteúdo principal?
  • Será que exibe bem o conteúdo quando visto em dispositivos móveis?
  • Será que o conteúdo fornece valor substancial quando comparado com outras páginas nos resultados de pesquisa?
  • Será que o conteúdo parece servir os interesses genuínos dos visitantes do site ou parece existir apenas por alguém tentando adivinhar o que pode estar bem classificado nos motores de busca?

2. Realize uma Auditoria de Conteúdo: Dê uma olhada às suas análises: quais as páginas mais afetadas pela mudança core? Que tipo de pesquisas foram impactadas? Examine estas páginas, e não se esqueça de aplicar as perguntas acima mencionadas.

3. E-A-T: Não, não vá petiscar. Familiarize-se com as diretrizes da avaliação da qualidade de pesquisa: avaliadores ajudam o Google a determinar se os algoritmos estão a produzir bons resultados. Analise as secções do EAT: Expertise, Autoridade e Confiabilidade. Pode ver como o seu conteúdo se está a sair a partir desta perspetiva e identificar as áreas a melhorar.

Anúncios da Google

Com os Anúncios da Google é mais difícil de se obterem bons resultados. Muitas pessoas já estão condicionadas a ignorar o anúncio e a ir imediatamente para o primeiro resultado orgânico. No entanto, campanhas de Anúncios da Google podem ser muito úteis. Essencialmente, licita em palavras-chave que lhe dão destaque como um resultado de topo - reconhecido como um anúncio. Os Anúncios da Google oferecem-lhe uma data de métricas que analisam o seu sucesso. Em princípio, não dependa de uma estratégia de SEO que utiliza somente os Anúncios da Google, mas que os utiliza como parte de uma estratégia que depende na criação de conteúdo e outros elementos que são mais consistentes e têm um melhor ROI.

Quaisquer resultados nas pesquisas do Google que não aparecem nas listas orgânicas e padrão são chamados de características SERP da Google. Estes aparecem em quase todas as páginas de busca. Aqui estão alguns:

  1. Ricos fragmentos em destaque visualizam um resultado para que se possa ler mais facilmente, como quando uma avaliação normal de 4,5 estrelas é representada por 5 estrelas só com 4,5 estrelas preenchidas com dourado.
  2. Resultados Pagos abrangem os Anúncios da Google, onde se licita por palavras-chave.
  3. Resultados Universais abrangem outros resultados orgânicos como imagens, notícias, resultados de vídeos, ou resultados de outra secção qualquer da Pesquisa do Google.
  4. Resultados de Compras irão aparecer nas buscas de produtos no topo do ecrã, permitindo fácil acesso àqueles que querem imediatamente avaliar uma potencial compra.
  5. Tweets aparecem regularmente quando relacionados a um evento que está a acontecer, à procura de uma celebridade, ou a inquéritos sobre desportos.

Obviamente, nem todos estes estão relacionados aos Anúncios da Google, mas dão uma ideia de quais características da SERP da Google estão disponíveis.

Há inúmeras formas de tirar vantagem dos Anúncios da Google e de fazer uma oferta baixa em palavras-chave específicas de alto retorno. Isto é tão contextual para cada negócio individual que normalmente é melhor deixar este nível de campanha publicitária para um departamento de marketing ou uma firma de marketing digital com muita experiência.

Google até ao infinito

Para além disto, é importante fazer o seu marketing ter valor. Pode ter a campanha de marketing mais bem-sucedida na história, mas se ninguém consegue encontrar o que procuram no seu site, não faz diferença nenhuma.

O seu conteúdo tem que ser intrigante e provocante. O seu site tem que trabalhar em todos os navegadores, dispositivos e plataformas. Assegure-se que é amigo dos telemóveis e que irá carregar rapidamente em todos os lugares. Precisa de ter um site facilmente acessível. Se não consegue cumprir estes requisitos, terá que os arranjar primeiro antes de avançar para uma campanha série de ficar na primeira página do Google.

Quer ouvir uma má anedota? Aqui está de qualquer maneira: Onde se esconde o cadáver?

Na segunda página do Google.

Já percebeu: ficar na primeira página do Google é vital porque maior parte das pessoas nunca clicam na segunda página. A primeira página recebe 71% de cliques em tráfego orgânico (e os números têm sido reportados como indo até 92%). Se está imerso na página dois, três, quatro… não interessa o quão bom é o seu produto, serviço, website ou conteúdo. As pessoas não o conseguirão encontrar.

Se não sabe por onde começar, não faz mal. Se não consegue escrever conteúdo ou não lhe interessa, não faz mal. É para isso que são precisas as firmas de marketing digital. Elas podem realizar pesquisas de palavras-chave para encontrar bons ângulos de conteúdo, avaliar a qualidade de SEO, e gerir a entrega nos meios de comunicação social com uma estratégia que se adapte às necessidades específicas de uma empresa. Até podem construir websites para si se já estiver nessa etapa. Não precisa de utilizar todos os chapéus quando outra pessoa está qualificada para usar somente alguns para si – especialmente se tiverem historial de produzir resultados para outras empresas.

Como aparecer na primeira página do google

Não há nenhuma solução rápida para se aparecer na primeira página do Google. É preciso trabalho, esforço e tempo. Continue assim: foque-se em conteúdo de alta qualidade e maneiras de melhorar o seu expertise, autoridade e confiabilidade.

Se perceber que não tem os conhecimentos técnicos e competencias para se dedicar a esta componente fundamental do marketing da sua empresa, deixe a nossa equipa tratar da sua estratégia de SEO. Fale connosco sem compromisso

como aparecer na primeira página do google

Local SEO Portugal

Agência especializada em SEO e planeamento estratégico que ajuda negócios a aumentarem orgânicamente o seu tráfego e vendas através de SEO.
CONTACTE-NOS
linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram